Hoje é dia 18/11/17

Notícias » Estadual

Sodoma 5: Ex-secretário protocola HC no TJ; sorteio escolhe Rondon para analisar pedido

16/02/2017 às 07:43

Fonte: Da Redação com FM

A defesa do ex-secretário estadual de Administração, Francisco Faiad, protocolou, no fim da tarde desta quarta-feira (15), pedido de habeas corpus no Tribunal de Justiça de Mato Grosso. A solicitação de liberdade foi sorteada para ser analisada pelo desembargador Rondon Bassil Dower.

No entanto, o magistrado não deve avaliar o pedido. Ele deve repassar a decisão ao desembargador Pedro Sakamoto, que é o novo relator da "Operação Sodoma" no segundo grau.

Francisco Faiad foi preso preventivamente na manhã de terça-feira (14), durante a deflagração da quinta fase da Sodoma. Ele é acusado de participar da organização criminosa que praticou diversos crimes contra o Estado durante a gestão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), acusado de liderar o esquema.

O ex-secretário de administração é acusado de receber propinas da empresa Marmeleiro Auto Posto Ltda. durante o período em que esteve à frente da Secretaria Estadual de Administração. De acordo com a defesa de Faiad, a prisão dele é considerada ilegal e desnecessária, pois ele não representaria riscos para a ordem pública.

Em razão disso, os advogados Ulisses Rabaneda, Válber Mello, Hamilon Ferreira da Silva Júnior e Renan Fernando Serra Rocha Gonçalves, responsáveis por defender o ex-secretário, protocolaram o pedido de liberdade no TJ-MT. O atual relator dos processos da operação é o desembargador Pedro Sakamoto, que deve ser um dos responsáveis por analisar o pedido da defesa do ex-secretário.

O julgamento do pedido de liberdade de Faiad ainda não tem prazo para acontecer. No entanto, por se tratar de liminar, a decisão deve ser proferida a qualquer momento.

Outro fato que também aconteceu nesta quarta-feira, e está relacionado à quinta fase da Sodoma, foi a chegada do ex-secretário-adjunto de Transporte e Pavimentação Urbana, Valdísio Viriato, em Cuiabá. Ele foi preso na manhã de terça-feira em Balneário Camboriú (SC) e foi transferido hoje para a Capital mato-grossense.

Valdísio foi, inicialmente, encaminhado à Delegacia Fazendária e depois ao Fórum de Cuiabá. Após audiência de custódia, foi levado ao Centro de Custódia de Cuiabá (CCC), onde cumprirá prisão preventiva.

SODOMA

A quinta fase da Sodoma foi deflagrada na manhã de terça-feira (14). A investigação, presidida pela Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública, cumpriu cinco mandados de prisão preventiva, nove de condução coercitiva e nove de busca e apreensão domiciliar, nos estados de Mato Grosso, Santa Catariana e Distrito Federal.

Os mandados de prisão foram cumpridos contra o ex-secretário adjunto da Setpu, Valdisio Juliano Viriato; o ex-secretário de Administração, Francisco Faiad; o ex-governador Silval da Cunha Barbosa; o ex-chefe de gabinete de Silval, Sílvio Cesar Corrêa Araújo; e o ex-secretário adjunto de administração, José Jesus Nunes Cordeiro. Entre os conduzidos coercitivamente para interrogatórios estão o ex-candidato ao governo do Estado, Lúdio Cabral (PT); o ex-secretário de Fazenda, Marcel Souza de Cursi; Wilson Luiz Soares; Mário Balbino Lemes Junior; e Rafael Yamada Torres.